somaterapia / soma / terapia corporal anarquista / roberto freire / joão da mata-

CURSO DE INTRODUÇÃO AOS FUNDAMENTOS DA SOMA

CURSO DE INTRODUÇÃO AOS FUNDAMENTOS DA SOMATERAPIA

Com João da Mata*

 

ESTAMOS ABRINDO UMA TURMA EXTRA DO CURSO

Será nas segundas à noite, das 19h as 21h. O programa das aulas será o mesmo apresentado abaixo. Interessadxs: enviar Whastapp para (21) 998761-3684 ou email para: jodamata@terra.com.br

 

Ementa do Curso: A Somaterapia ou apenas Soma é uma prática terapêutico libertária, criada no Brasil pelo médico e escritor anarquista Roberto Freire. Trata-se de uma abordagem terapêutica coletiva e que abarca análises psicológicas em permanente cruzamento com diferentes campos como a filosofia, a sociologia e a política. A Soma caracteriza-se ainda como um processo eminentemente corporal, que problematiza o corpo como uma entidade complexa em co-relação com o ambiente. O corpo será pensado aqui também como “corpo político”, através das análises em torno da inter-subjetividade, da analítica do poder e das práticas de resistências.

O curso será apresentado em quatro módulos independentes. Cada módulo terá 06 (seis) encontros, nos quais os temas da corporeidade, liberdade, prazer e luta surgirão atravessando os eixos temáticos em questão. Tomaremos por base os 3 livros da Soma: “A Alma é o corpo”, “A Arma é o corpo” e “Corpo a Corpo” que serão oferecidos em arquivo PDF.

Objetivos: A partir dos quatro módulos, o curso pretende servir como uma introdução teórica à Somaterapia, discutindo temáticas referentes ao corpo como fonte de expressão do comportamento, os atravessamentos da micropolítica do cotidiano e a produção de subjetividades, assim como problematizar questões acerca da filosofia e da política na abordagem psicológica do sujeito.

À quem se destina: Destinados a estudantes, psicólogos, psicoterapeutas e demais pessoas interessadas nas abordagens do corpo e pensamento libertário e suas aplicabilidades. Como exercício para reflexão teórica e prática de escrita, incentivaremos a elaboração de textos e troca dos mesmos entre os participantes, que serão apreciados entre todos ao final do curso.

Dias e horários: TURMA A: Terças das 19h às 21h / TURMA B: Quintas das 9h às 11h  (indique a turma que prefere)

Valor: R$ 320,00 por módulo

Para garantir sua vaga, pedimos que seja realizado o depósito de 50% do valor nesta conta e enviar o comprovante por e-mail ou whatsapp:

  • Banco do Brasil
  • Ag. 4684-1
  • C.C. 17320-7
  • CPF. 555154014-68

Informações e Inscrições: jodamata@terra.com.br ou (21) 99871-3684 (whatsapp)

Início das aulas: 17 DE NOVEMBRO

OBS: As aulas serão realizadas via Zoom. Cada aluno(a) receberá o link da sala a cada semana. VAGAS LIMITADAS

João da Mata* é Somaterapeuta há cerca de 30 anos. Atua também como Psicólogo clínico na abordagem somática. É em Mestre em Filosofia; Dr. em Psicologia/UFF; Dr. em Sociologia/Univ. de Lisboa e Pós-Doutor em História/UFF. Autor de diversos livros e artigos sobre a Somaterapia e pensamento libertário.

 

PLANEJAMENTO DAS AULAS

Módulo I – A Somaterapia e a Teoria Reichiana

Aulas

Conteúdo Proposto

Atividades/Leitura sugerida

01

Apresentação e Introdução ao tema: trajetória de vida e obra do Roberto Freire

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

02

A emergência da Somaterapia no Brasil: ditadura civil-militar; Encontro com o teatro e Wilhelm Reich. O conceito de SOMA, unicidade e materialismo filosófico

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – “A Alma é o Corpo”; “Utopia e Paixão”; “Sem tesão não há solução”;Corpos em Revolta”

03

Wilhelm Reich I – Antecedentes históricos; Relação Reich x Freud; Psicanálise e marxismo. Sexpol; Emergência do fascismo, fuga da Europa e vida e morte nos USA

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

04

Wilhelm Reich II – Autorregulação/heterorregulação; Originalidade Única e Unicismo. Corpo e Política; Conceito de Couraça Neuro-muscular do Caráter; Processos somáticos; Relação dominador/dominado

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

05

Wilhelm Reich na Somaterapia; noção de Agressividade X Violência; Dinâmicas corporais e micro laboratório social; A prática Reichina na Somaterapia: luta e prazer; Potência orgástica

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

06

Desdobramentos da teoria: A vegetoterapia e a bioenergética – Palestra com professore convidado

Palestra com professor convidado/Debate

 

Módulo II – A Somaterapia, a Gestalt-terapia e a Capoeira Angola

Aulas

Conteúdo Proposto

Atividades/Leitura sugerida

01

Apresentação e Introdução ao tema: o aqui e agora do processo da Soma. Vida e obra de Frederick Perls e emergência da Gestalt-terapia

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”

02

Gestlat I: Definição gestáltica de neurose; Terapia centrada no presente. Gestalt aberta e fechada, figura e fundo

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”

03

Gestalt II: Reserva energética; organização vital e contato consigo mesmo. Conceito de responsabilidade e criação. Espontaneidade e autorregulação organísmica

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

04

Capoeira Angola: aspecto históricos – introdução ao tema; A relação entre a Capoeira Angola e a Regional

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

05

Capoeira Angola e Soma: A relação entre a teoria reichiana, a gestalt e o conceito de percepção

AULA/DEBATE

A Arte Luta da Capoeira Angola e Práticas de Liberdade. Tese Doutorado/Psicologia/UFF; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

06

Gestalt no Brasil: Palestra com professor convidado

Palestra com professor convidado/Debate

 

Módulo III – A Somaterapia e a Antipsiquiatria no mundo e no Brasil

Aulas

Conteúdo Proposto

Atividades/Leitura sugerida

01

Apresentação e Introdução ao tema. Micropolítica dos afetos; Reich x Antipsiquiatria. Fabricação da loucura

AULA/DEBATE

Leitura comentada de artigos

02

Comunicação verbal e não verbal; Estudo dos padrões, patologias e paradoxos da interação

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Pragmática da comunicação humana;

03

Antipsiquiatra I: Análise Histórica; Gregory Bateson – da antropologia à psicologia. Emergência da Antipsiquiatria e a Medicalização da vida

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

Filme e Debate

04

Antipsiquiatra II: O conceito de Duplo Vínculo; Comunicação Digital e Analógica. Movimento político e o pensamento libertário

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Pragmática da comunicação humana;

05

Luta Antimanicomial – As ressonâncias no cenário brasileiro – Palestra com professor convidado

Palestra com professor convidado/Debate

06

Parrésia e a fala franca; Debate sobre os temas apresentados: A relação entre as teorias reichianas, a Gestalt, a Capoeira Angola e a Antipsiquiatria

AULA/DEBATE

“Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

 

Módulo IV – A Somaterapia e o Pensamento Anarquista

Aulas

Conteúdo Proposto

Atividades/Leitura sugerida

01

Apresentação e Introdução ao tema; superação do Estado e do capital; Marxismo X Anarquismo; Análise das correntes Individualista e Coletivista; Autogestão; “Discurso da Servidão Voluntária”

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

02

Estética da existência e vida artista. Modo de vida libertário. Heterotopia

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”

03

Anarquismo I: Dinâmica de grupo e Autogestão: a micropolítica libertária na terapêutica da Somaterapia

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”; “Anti-Édipo: Uma introdução à vida não fascista”; “Sem tesão não há solução”

04

Anarquismo II: A Pedagogia Libertária e A Política no Cotidiano

AULA/DEBATE

“Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”; “Dinâmica de Grupo e Autogestão”

05

Anarquia na atualidade:  Palestra com professor convidado

Palestra com professor convidado/Debate

06

O Pensamento Libertário na prática terapêutica da Soma: O Anarquismo Somático

AULA/DEBATE

“Soma, vol 1 – A Alma é o Corpo”; “Soma, vol. 2 – A arma é o corpo”; “Utopia e paixão”;

07

Debate em torno dos temas trabalhados: Soma como invenção de vida livre e a grande saúde

FECHAMENTO DO CURSO, DEBATES E TROCA DE TEXTOS

 

BIBLIOGRAFIA AMPLIADA

(Não será utilizada diretamente no curso, mas serve como sugestão de leitura):

BEY, Hakim. TAZ – Zona Autônoma Temporária. São Paulo: Conrad Editora, 2011.

BOOKCHIN, Murray. Ecologia Social e outros ensaios. Tradução de Mauro José Cavalcante. Rio de Janeiro: Achiamé, 2010.

CAIAFFO, Stéfanis. Cartogramas de um Terapeuta Anárquico. Tese de Doutorado em Psicologia Social. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, Instituto de Psicologia Social. UERJ: Rio de Janeiro, 2009.

CÂMARA, Marcus Vinícius de A. Reich – Grupos e Sociedade. São Paulo: Annablume Editora, 2009.

COIMBRA, Cecília. Guardiões da Ordem – Uma viagem pelas práticas psi no Brasil do “Milagre”. Rio de Janeiro: Oficina do Autor, 1995.

COOPER, David. Psiquiatria e Antipsiquiatria. São Paulo: Editora Perspectiva, 1967.

DUMOULIÉ, C. A capoeira, uma filosofia do corpo. http://www.revue-silene. com/images/30/extrait_67.pdf, s/d.

FERREIRA, José Maria Carvalho. Roberto Freie: anarquia aqui-e-agora. Artigo publicado na Revista Verve: São Paulo, 2007.

_____. Roberto Freire: uma história de amor e anarquia. Artigo publicado na Revista Utopia. Lisboa: Associação Cultural A Vida, 2008.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Petrópolis: Vozes, 1979.

_____. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 2010.

FREIRE, Roberto. Viva Eu, Viva Tu, Viva o Rabo do Tatu!. São Paulo: Global, 1977.

_____. Utopia e paixão. São Paulo: Trigrama, 1991.

_____. A Farsa Ecológica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1992.

_____. Soma – Uma terapia anarquista – Vol. 1 – A alma é o corpo. Rio de Janeiro:

Guanabara Koogan, 1988.

_____. Soma – Uma terapia anarquista – Vol. 2 – A arma é o corpo. Rio de Janeiro:

Guanabara Koogan, 1991.

_____. Tesudos de todo o mundo: uni-vos!. São Paulo: Siciliano, 1995.

_____. Coiote. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1986.

_____. Ame e dê vexame. São Paulo: Trigrama, 2000.

_____. Sem tesão não há solução. São Paulo: Trigrama, 2000.

_____. Eu é um outro. Salvador: Maianga, 2002.

FREIRE, Roberto & MATA, João da. Soma – uma terapia anarquista – Vol. 3 – corpo a corpo. São Paulo: Sol e Chuva, 1996.

FREIRE, Roberto; MATA, João da; GOIA, Jorge & SCHROEDER, Vera. O Tesão Pela Vida. São Paulo: Francis, 2006.

HANNA, Thomas. Corpos em Revolta: a evolução-revolução do homem do século XX em direção à Cultura Somática do século XXI. Rio de Janeiro: Edições MM, 1972.

LA BOÉTIE, Étienne. Discurso da Servidão Voluntária. São Paulo: Martin Claret, 2009.

LATNER, Joel. Gestalt-terapia segundo Joel Latner. In: Viva eu, Viva tu, Viva o rabo do Tatu. São Paulo: Edições Símbolo, 1977.

LOWEN, Alexander. O Corpo em Terapia: A abordagem bioenergética. São Paulo: Editora Summus, 1977.

KROPOTKINE, Piotr A. A Moral Anarquista. Lisboa: Edições Sílabo, 2009.

_____. A Conquista do Pão. Rio de Janeiro: Achiamé, 2011.

MATA, João da. Soma, capoeira angola e anarquismo. São Paulo: Imaginário, 2001.

_____. A Arte Luta da Capoeira Angola e Práticas de Liberdade. Tese de Doutoramento em Psicologia/UFF

_____. Dinâmica de Grupo e Autogestão. Lisboa: Ed. Clássica, 2019.

NEWMAN, Saul. Anarquismo e a Política do Ressentimento. In Verve – Revista Semestral Autogestionária do Nu-Sol. – Vol. 8. São Paulo, 2008.

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da Moral. São Paulo: Brasiliense, 1988.

_____. Para Além do Bem e do Mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ONFRAY, Michel. A Arte de ter prazer: por um materialismo hedonista. São Paulo:

Martins Fontes, 1999.

_____. A Potência de Existir. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins

Fontes, 2010.

______. A Escultura de Si: a moral estética. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

______. A Política do Rebelde: tratado de resistência e insubmissão. Rio de Janeiro:

Rocco, 2001.

______. Teoria do Corpo Amoroso – Para uma erótica solar. Lisboa: Temas e Debates – Actividades Editoriais, 2001.

PASSETTI, Edson. Éticas dos Amigos – Invenções libertárias da vida. São Paulo:

Imaginário/Capes, 2003.

_____. Anarquismos e Sociedade de Controle. São Paulo: Cortez Editora, 2003.

RAMALHO, S. A. “Psicologia de massa do fascismo: Reich e o desenvolvimento do pensamento crítico.” Dissertação de Mestrado em Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2001.

REICH, Wilhelm. A Revolução Sexual. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1982.

_____. A Função do Orgasmo. São Paulo: Brasiliense, 1984.

_____. Escute, Zé Ninguém! São Paulo: Martins Fontes, 2010.

_____. Psicologia de Massa do Fascismo. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

_____. Análise do Caráter. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

SANTOS, Rosa Cruz. Heterotopias menores: delirando a vida como obra de arte. In: Revista Mnemosine, Vol. 7, N.º 01. Rio de Janeiro, 2011.

SIMÕES, Gustavo F. Roberto Freire: Tesão e Anarquia. Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais. PUC/SP. São Paulo, 2011.

STIRNER, Max. O Único e a sua Propriedade. Lisboa: Antígona, 2004.

TOLSTOI, Leon; GOLDMAN, Emma. A insubmissão e o indivíduo, a sociedade e o Estado. São Paulo: Imaginário, 1998.

WATZLAWICK, P.; BEAVIN, J. H. & JACSON, D. D. Pragmática da comunicação humana: um estudo dos padrões, patologias e paradoxos da interação. São Paulo: Cultrix, 2007.


 

 

 

 

 

 

 


Conversações Libertárias OnLine na Soma

A Soma como processo terapêutico libertário busca estar atenta aos fenômenos históricos, sociais e políticos que afetam e agem sobre nossa subjetividade. Para tento, realizamos esta nova série de Conversações Libertárias Online, que ocorrem a partir de plataforma digital em meio à pandemia do Covid19.

Tem como objetivo a produção de análises anarquistas no tempo presente, realizadas em parcerias de diferentes campos de conhecimento.

Todas os encontros são gravados e disponibilizados no Canal da Somaterapia, no YouTube. Se inscreva no canal e receba as notificações de novas postagens:

https://www.youtube.com/channel/UCaQZXWcPGv5buEv3EMvsFPg?view_as=subscriber

Em breve, novas conversações!

 

 


FESTIVAL AME E DÊ VEXAME – SP 2019!

 

 

OUTROS EVENTOS DA SOMA:

 

Conversação com João da Mata – dia 25 de julho (terça) – 20h

“A micro política dos afetos e práticas de liberdade”

Casa Lira – Rua Alice, 737 (entrada em frente ao número 1266) – Laranjeiras

Sobre o encontro:

A Casa Lira abre suas portas para receber o João da Mata para essa conversação, onde buscaremos debater as implicações em torno das práticas de poder nas relações afetivas e cotidianas.

Acreditamos ser importante perceber como lidamos nas malhas de poder em nossa volta, quais as práticas políticas e éticas que desenvolvemos e como somos afetados por elas. E especialmente como reproduzimos – muitas vezes sem perceber – os jogos de poder nas relações humanas, repetindo um mesmo circuito muitas vezes indesejado, mas que não damos conta de mudar.
Esta associação entre comportamento, sociabilidades e práticas de poder nos possibilita entender a implicação de cada um neste processo.
Falar sobre a política dos afetos significa produzir uma dobra sobre nós mesmo, a fim de observar e redimensionar jogos de poder e controle nas relações que podemos chamar de amorosas.

João da Mata é psicólogo, mestre em Filosofia, Dr. em Psicologia (UFF) e Dr. em Sociologia (Univ. de Lisboa). Trabalha com a Soma – uma terapia anarquista há mais de 25 anos.

A Casa Lira tem cervejinha que vai garantir o nosso pós (durante) pra conversação não acabar.

Até!

Conversação Libertária na Soma no Rio de Janeiro

“Drogas e Liberdade” com Thiago Rodrigues


Dia 05 de Abril (quarta) – 20:30h
Rua Maria Eugênia, 215 – sl. 201 – Humaitá – Rio de Janeiro
entrada livre

O chamado ‘problema das drogas’ é uma questão recente. Há aproximadamente cem anos, a maioria das drogas psicoativas hoje proibidas eram produzidas, vendidas e consumidas legalmente sem qualquer regulamentação.
Desde então, no entanto, a proibição dessas e de outras substâncias gerou um imenso negócio ilegal de projeção global, com milhões de presos, mortos, sofrimentos e violências.
Essa conversação propõe uma aproximação libertária das práticas com drogas e das políticas elaboradas na tentativa de controlar as infindáveis formas pelas quais mulheres e homens, há milênios, experimentam estados alterados de consciência.

Esta Conversação Libertária na Soma é um convite aberto a quem tem interesse em problematizar questões atuais sob uma perspectiva anarquista.

Sobre nosso convidado:
Thiago Rodrigues é professor no curso de Relações Internacionais da UFF e pesquisador no Nu-Sol/PUC-SP.
É autor, entre outros, de “Narcotráfico, uma guerra na guerra” (2012) e co-editor de “Drogas, Política y Sociedad en América Latina y el Caribe” (2015) e “Drug Policies and the Politics of Drugs in the Americas” (2016).

 

Matéria sobre Roberto Freire na Revista Caros Amigos:

Defesa pública da tese de Doutorado em Psicologia – UFF

“A Arte-luta da Capoeira Angola e Práticas Libertárias” de João da Mata

Dia 29 de Agosto (sexta-feira) de 2014 – as 14h – Sala 209 -Bloco N – Campus Gragoatá – Niterói.

Estarão presentes na banca de defesa:

Dr. Edson Passetti (PUC-SP), Drª. Heliana Conde (UERJ), Dr. Jorge Vasconcellos (UFF), Dr. Johnny Alvarez (UFF) e Drª. Márcia Moraes (Orientadora)

Fragmentos da tese:

“A virtude do corpo no jogo da capoeira angola vem de uma peculiar performatividade: sua capacidade de mover-se de maneira inusitada e surpreendente. Este jeito do corpo em instaurar-se no mundo de modo inteligente – na elegância do gesto ou na tensão do golpe – baliza sua existência na interface entre a arte e a luta.”

“Ainda vivemos com demasiada intensidade um corpo platônico, cindido e esquizofrênico. Cortando em duas partes, a hegemonia do pensamento sobre as sensações continua a reinar fortemente, e sua incidência começa cedo e continua pela vida: em casa, nas escolas e suas rígidas cadeiras, na lógica do trabalho e na produção do dinheiro. Seguimos firmes na manutenção do platonismo e no abandono do corpo, apesar das fissuras provocadas por pensadores somáticos.”

“O que Wilhelm Reich (1897-1957) busca compreender, sem dirigir-se diretamente à Éttiene La Boétie (1530-1563), é como a neurose está relacionada à ideia da aceitação do soberano. Para ele, o conflito emocional se produz através da incitação à obediência, que começa em casa a partir de uma educação orientada para o consentimento da centralidade e da hierarquia. De início, a obediência aos pais; depois aos professores; aos patrões; e por fim ao Estado, seja ele representado pela polícia ou tribunais. A obediência a Deus perpassa todos estes espaços. Para La Boétie, e em certa medida também para Reich, o espanto com os efeitos danosos do autoritarismo se dirige mais aos que obedecem do que a quem os produz.”

Recentes publicações sobre a Soma no site da UOL, da Revista Trip e da Revista Vice. Veja aqui as reportagens:

Matérias recentes sobre a Soma:

Site da UOL: Seu corpo é Livre

“(…) Se o corpo nu é algo que nos une como semelhantes, por que há aversão social? “Sofremos um retrocesso careta com o renascimento de forças conservadoras”, avalia João da Mata. Para o terapeuta, a nudez é sempre severamente punida e ligada ao impuro, uma visão repassada dentro dos valores familiares tradicionais no Brasil. (…)”


Revista Vice: A Incompreendida Psicoterapia de Wilhelm Reich

“A obra de Wilhelm Reich serve como espinha dorsal para a chamada Somaterapia. Criada no Brasil pelo médico e instaurador libertário Roberto Freire (1927-2008) nos anos 1970, no período da ditadura civil-militar, a Somaterapia procura entender o comportamento humano a partir das relações sociais desenvolvidas no cotidiano dos indivíduos. (…)”

 

Site do UOL: Terapia criada na ditadura encontra terreno fértil no atual clima de protestos

A matéria publicada no site do UOL busca traçar uma relação entre o atual momento político brasileiro, marcado por manifestações e críticas sociais, com a Soma – uma terapia anarquista. Texto do jornalista Carlos Minuano.

Revista TRIP, em junho de 2014: Ame e dê Vexame.

A edição de junho de 2014 é dedicada a busca do Tesão como modo de vida pautado no prazer. Em “Cadê o seu Tesão”, a reportagem faz alusão ao livro “Sem tesão não há solução”, best-seller de Roberto Freire que propõe o tesão como arma revolucionária diante do niilismo das sociedades autoritárias.

 

 

 

SOMA no Facebook


Acompanhe também as atividades da Somaterapia pelo Facebook:

Acesse: Soma uma terapia anarquista

Newsletter da Soma

assinar reset

Soma no Rio de Janeiro

Rua Maria Eugenia 215 /
Sala 201 /Humaita
+55 21 9 9871 3684 / +55 21 3268 4206
info@somaterapia.com.br

Soma em São Paulo

Rua Cardoso de Almeida 54 /
I° andar / Perdizes
+55 21 9 9871 3684 / +55 21 3268 4206
info@somaterapia.com.br

MANDAR UM EMAIL
Soma No Facebook